Política

Com filiação de vice e 3 vereadores, PSD passa a ter maior bancada em cidade de MS

Na reta final do período de janela partidária, que se encerra em 3 de abril, a filiação de três vereadores ao PSD fez o partido passar a ter a maior bancada na Câmara Municipal de Rio Negro, município que fica a 152 quilômetros de Campo Grande. A data marca o limite para troca de legenda […]

Danúbia Burema Publicado em 28/03/2020, às 14h44 - Atualizado às 14h50

(Divulgação)
(Divulgação) - (Divulgação)

Na reta final do período de janela partidária, que se encerra em 3 de abril, a filiação de três vereadores ao PSD fez o partido passar a ter a maior bancada na Câmara Municipal de Rio Negro, município que fica a 152 quilômetros de Campo Grande. A data marca o limite para troca de legenda daqueles que pretendem disputar as eleições sem o risco de perda de mandato.

Na cidade, o vice-prefeito João Batista, que pertencia ao Solidariedade, também assinou ficha de filiação ao partido comandado pelo senador Nelsinho Trad (PSD). Já os vereadores Valdir Fischer (PTB), mais votado da atual legislatura, Antônio Marques Ferreira (PR), o Marquinhos, e o presidente da Casa, Evaldo Paes (DEM), ingressaram no partido para compor a chapa proporcional em busca da reeleição.

Os três vereadores possuem carreira no funcionalismo.”Acredito na importância dos princípios da legenda, o senador Nelsinho sempre priorizou o municipalismo, e é através desse trabalho voltado ao nosso interior que decidi fazer parte desse projeto”, afirmou Marquinhos, que cumpre seu quarto mandato. 

“A filiação de vocês e do amigo João Batista só tem a acrescentar à sigla, juntos vamos caminhar a passos largos na construção e no desenvolvimento de Rio Negro”, comemorou Nelsinho.

Jornal Midiamax