Política

Bolsonaro cogita Tereza Cristina para presidência da Câmara dos Deputados, diz jornal

Deputada federal por Mato Grosso do Sul, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM), é um dos nomes estudados pelo presidente Jair Bolsonaro para disputar possível comando da Câmara dos Deputados. A informação foi divulgada neste domingo (6) pela Folha de São Paulo. Segundo o jornal, Bolsonaro quer encontrar uma alternativa para derrotar o grupo […]

Aliny Mary Dias Publicado em 06/12/2020, às 08h36 - Atualizado em 07/12/2020, às 09h17

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina e o Presidente da República, Jair Bolsonaro durante a cerimônia de Assinatura da Medida Provisória de Regularização Fundiária.
A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina e o Presidente da República, Jair Bolsonaro durante a cerimônia de Assinatura da Medida Provisória de Regularização Fundiária. - A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina e o Presidente da República, Jair Bolsonaro durante a cerimônia de Assinatura da Medida Provisória de Regularização Fundiária.

Deputada federal por Mato Grosso do Sul, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM), é um dos nomes estudados pelo presidente Jair Bolsonaro para disputar possível comando da Câmara dos Deputados. A informação foi divulgada neste domingo (6) pela Folha de São Paulo.

Segundo o jornal, Bolsonaro quer encontrar uma alternativa para derrotar o grupo do atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sem a necessidade de fazer concessões no primeiro escalão dos seus Ministérios.

Atualmente, o nome do Governo mais cotado para disputar a presidência seria Arthur Lira (AL), líder do Progressistas na Casa, mas a escolha do deputado encontra resistência entre apoiadores do presidente. Os novos nomes estudados pelo presidente são considerados “plano B” para a disputa.

Em conversa na semana passada com assessores diretos, Bolsonaro avaliou nomes, inclusive da equipe ministerial, que poderiam agregar mais apoios na disputa pela presidência da Câmara, entre eles os dos ministros Fábio Faria (Comunicação) e Tereza Cristina (Agricultura).

A nova mesa diretora da Câmara será eleita no dia 1º  de fevereiro de 2021. A ministra Tereza Cristina ainda não se manifestou a respeito de possível disputa da presidência da Câmara.

Jornal Midiamax