Política

Após surto de coronavírus em aldeia indígena, deputado pede 4 ambulâncias à Sesai

Após surto de Covid-19 na aldeia indígena de Aquidauana, a 135 quilômetros, depois de evento do Governo do Estado realizado em julho, o deputado estadual Felipe Orro (PSDB) encaminhou à Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena), o pedido para destinação de 4 ambulâncias para atender as comunidades indígenas do município. No último dia 12, Aquidauana […]

Renata Volpe Publicado em 24/08/2020, às 10h15

Testagem em aldeia indígena no Distrito de Taunay, em Aquidauana. (Chico Ribeiro/Governo de MS)
Testagem em aldeia indígena no Distrito de Taunay, em Aquidauana. (Chico Ribeiro/Governo de MS) - Testagem em aldeia indígena no Distrito de Taunay, em Aquidauana. (Chico Ribeiro/Governo de MS)

Após surto de Covid-19 na aldeia indígena de Aquidauana, a 135 quilômetros, depois de evento do Governo do Estado realizado em julho, o deputado estadual Felipe Orro (PSDB) encaminhou à Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena), o pedido para destinação de 4 ambulâncias para atender as comunidades indígenas do município.

No último dia 12, Aquidauana tinha 488 indígenas confirmados com a doença e registro de 15 mortes, conforme boletim epidemiológico da SES (Scretaria de Estado de Saúde). 

A indicação feita pelo deputado é ao secretário nacional, Robson Santos da Silva. No texto, o parlamentar afirma que as “aldeias estão sofrendo por conta do rápido avanço da pandemia do novo coronavírus, necessitando com grande urgência de intensificação nas ações de combate à pandemia”. 

Na justificativa apresentada por Orro, ele pede que a indicação tenha escopo na urgência de ações efetivas para combater o avanço da pandemia entre a população das comunidades indígenas localizadas no no município, que são algumas das mais atingidas no Estado.

“Até a presente data, Aquidauana já registrou 24 óbitos em decorrência da Covid-19, destes óbitos, 15 são mortes de indígenas das comunidades localizadas no município, o equivalente a 65% do total de mortes no município, onde ainda pode-se observar que a cada dia aumentam os números de casos positivos de pessoas infectadas pelo no coronavírus, com grande parte desses novos casos positivos sendo de indígenas”. 

Ainda conforme a indicação, a Sesai precisa intensificar as ações de combate, sendo o aumento da frota de ambulâncias destinadas a atender a população indígena, “uma medida de extrema necessidade neste momento em que a saúde do povo indígena de Aquidauana sofre maior ameaça”. 

Jornal Midiamax