Política

Após exoneração de indicado por Soraya, Coronel David afirma que desleais não merecem indicações

Nesta segunda-feira (24), um dos indicados da senadora Soraya Thronicke (PSL) foi exonerado do cargo. Recentemente a parlamentar foi contra um veto presidencial.

Dândara Genelhú Publicado em 24/08/2020, às 14h30

O deputado estadual Coronel David e a senadora Soraya Thronicke, de MS
O deputado estadual Coronel David e a senadora Soraya Thronicke, de MS - O deputado estadual Coronel David e a senadora Soraya Thronicke, de MS

Nesta segunda-feira (24), um dos indicados da senadora Soraya Thronicke (PSL) foi exonerado do cargo. Recentemente a parlamentar foi contra um veto presidencial. Assim, sobre o assunto, o deputado estadual Coronel David (sem partido) afirmou que desleais não merecem indicações.

A exoneração em questão é a de José Magalhães Filho – o Magalhães do Megafone – que ocupava o cargo de Coordenador Regional da Funai (Fundação Nacional do Índio) em Campo Grande. Magalhães havia retornado ao cargo em 17 de agosto, após ter sido afastado por mais de três meses por decisão judicial. Entretanto, cinco dias após a senadora votar pela derrubada do veto presidencial ao reajuste salarial de funcionários públicos, Magalhães perdeu o cargo novamente.

Ao Jornal Midiamax, o deputado estadual afirmou que “quem não é leal não merece fazer indicação nenhuma”. Soraya é de uma das legendas que apoiam o presidente Jair Bolsonaro. Então, junto com ela, outros três senadores da base aliada ao Governo votaram a favor da derrubada do veto presidencial. Foram eles: Izalci Lucas (PSDB-DF), Jorginho Mello (PL-SC) e Daniela Ribeiro (PP-PB).

Jornal Midiamax