Política

Com saída de Bernal, Vendramini diz que quer ‘pacificar o PP’ para eleições de 2020

O deputado estadual Evander Vendramini (PP) afirmou que pretende atuar na pacificação do PP e organização para as próximas eleições. Ele deve assumir o comando da legenda no lugar do ex-prefeito Alcides Bernal, que revelou nesta segunda-feira (17) que deixará o cargo, se afastando também da política. “Precisamos pacificar o partido, organizá-lo para as eleições […]

Nyelder Rodrigues Publicado em 17/06/2019, às 19h04 - Atualizado em 18/06/2019, às 19h01

O deputado estadual Evander Vendramini (Foto: ALMS)
O deputado estadual Evander Vendramini (Foto: ALMS) - O deputado estadual Evander Vendramini (Foto: ALMS)

O deputado estadual Evander Vendramini (PP) afirmou que pretende atuar na pacificação do PP e organização para as próximas eleições. Ele deve assumir o comando da legenda no lugar do ex-prefeito Alcides Bernal, que revelou nesta segunda-feira (17) que deixará o cargo, se afastando também da política.

“Precisamos pacificar o partido, organizá-lo para as eleições e fazer o PP ser o tamanho que merece ser. Somos a terceira maior bancada nacional e assim também tem que ser, grande, em Mato Grosso do Sul”, comenta Evander.

Ainda de acordo com o progressista, a intenção é se preparar para eleger o máximo possível de prefeitos e vereadores no ano que vem, e assim fortalecer o PP para 2022. “Temos que eleger deputados federais, que definem a distribuição do fundo partidário. Esse é o objetivo. O objetivo de todos nós é que o partido cresça”, frisa.

Nomeação na Assembleia

Ainda sobre a nomeação do ex-secretário da Juventude de Campo Grande, Wilton Edgar Acosta, para exercer cargo comissionado na Assembleia Legislativa, Vendramini conta que atende um pedido do PP e também supre uma demanda em seu gabinete, já que precisava de alguém que atuasse no meio jurídico.

Jornal Midiamax