Política

Rede recebe novos filiados com evento na Câmara de Campo Grande

Em evento durante a manhã deste sábado (5), a porta-voz estadual da Rede Sustentabilidade, advogada Tatiana Ujacow e o municipal, vereador Eduardo Romero, receberam os novos filiados na Câmara de Campo Grande para apresentação do partido. Organizando a sigla para as eleições municipais, a advogada relatou aos novos membros que o Rede nasceu da indignação […]

Evelin Cáceres Publicado em 05/10/2019, às 11h38 - Atualizado em 06/10/2019, às 11h03

Tatiana Ujacow, porta-voz da Rede em MS (Leonardo de França, Midiamax)
Tatiana Ujacow, porta-voz da Rede em MS (Leonardo de França, Midiamax) - Tatiana Ujacow, porta-voz da Rede em MS (Leonardo de França, Midiamax)

Em evento durante a manhã deste sábado (5), a porta-voz estadual da Rede Sustentabilidade, advogada Tatiana Ujacow e o municipal, vereador Eduardo Romero, receberam os novos filiados na Câmara de Campo Grande para apresentação do partido.

Rede recebe novos filiados com evento na Câmara de Campo Grande
Evento do partido recebeu novos filiados na Câmara (Leonardo de França, Midiamax)

Organizando a sigla para as eleições municipais, a advogada relatou aos novos membros que o Rede nasceu da indignação com a política e o momento do país em 2013. O partido foi oficializado em 2015. “Passei por outros partidos, mas não sentia que era o meu lugar como eu sinto com a Rede. Estou na sigla desde a fundação com Marina Silva e Pedro Ivo, que é o porta-voz nacional”, disse.

Tatiana destacou aos membros que todas as decisões são tomadas coletivamente. “Nada é decidido por uma pessoa só e a condução do partido esta forma tem dado certo. Temos vencido batalhas e aos poucos chegando nos espaços políticos para implementar ideias e princípios”.

Vereador, Romero conta que a Rede tem representação nas 27 unidades da federação e conta com porta-vozes e não presidentes por acreditar nas ações do consciente coletivo. “A Rede convoca ideiais de todos e é uma característica do partido, contrária ao sistema atual que coloca apenas uma pessoa em evidência. Para nós, as ações são mais consolidadas funcionando em conjunto”.

Atualmente o partido tem três senadores, oito deputados estaduais, sete prefeitos e 180 vereadores. “O partido foi à Justiça contra o decreto do armamento e reforma da previdência. São situações caras para a população e a gente se opõe a isso. Temos a primeira mulher deputada federal indígena eleita no Brasil e somos internacionalmente reconhecidos por lutarmos pelas causas dos índios”, ressaltou.

O evento acontece durante toda a manhã deste sábado no plenarinho da Câmara.

Jornal Midiamax