Política

Presidente do TJMS deve assumir Governo do Estado por dois dias

O presidente do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), desembargador Paschoal Carmello Leandro, deve assumir o governo estadual nos dias 8 e 9 de julho, por motivo de viagem do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e do vice-governador, Murilo Zauith (DEM). Azambuja vai a Assunção, Paraguai, se reunir com políticos para tratar, entre […]

Renata Volpe Publicado em 03/07/2019, às 08h53 - Atualizado às 14h41

Desembargador Paschoal Carmello Leandro assume governo por dois dias. (Foto: Divulgação)
Desembargador Paschoal Carmello Leandro assume governo por dois dias. (Foto: Divulgação) - Desembargador Paschoal Carmello Leandro assume governo por dois dias. (Foto: Divulgação)

O presidente do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), desembargador Paschoal Carmello Leandro, deve assumir o governo estadual nos dias 8 e 9 de julho, por motivo de viagem do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e do vice-governador, Murilo Zauith (DEM).

Azambuja vai a Assunção, Paraguai, se reunir com políticos para tratar, entre outros assuntos, sobre ações integradas de segurança na fronteira e elaboração de cronograma e acordos para construção de porto na divisa de Porto Murtinho e Carmelo Peralta, no Paraguai.

Além de secretários de Estado, como Jaime Verruck, responsável pela Semagro, a ministra de Agricultura, Tereza Cristina (DEM), também deverá integrar a comitiva. 

O TJ/MS já deu como certa a substituição do desembargador, porém, para Azambuja se ausentar do Estado, ele precisa de autorização dos deputados estaduais e está na pauta desta quarta-feira (3), a análise do Projeto de Decreto Legislativo de número 11/2019, para autorizar a ausência do governador do país, por dois dias. 

Jornal Midiamax