Política

Após convenção, Patriotas diz ter ‘boa conversa’ para seguir com vice em Campo Grande

Com ‘boa conversa’ para permanecer com a vaga de vice-prefeito em Campo Grande, o Patriotas realizou, na manhã deste sábado (21), convenção estadual para reconduzir o deputado estadual Lídio Lopes (Patri) à presidência do diretório regional por mais dois anos. A vice-prefeita Adriane Lopes, esposa de Lídio, esteve presente no evento. “Estamos construindo um trabalho […]

Danúbia Burema Publicado em 21/12/2019, às 13h48 - Atualizado em 22/12/2019, às 11h43

Patriotas fizeram convenção neste sábado. (Divulgação)
Patriotas fizeram convenção neste sábado. (Divulgação) - Patriotas fizeram convenção neste sábado. (Divulgação)

Com ‘boa conversa’ para permanecer com a vaga de vice-prefeito em Campo Grande, o Patriotas realizou, na manhã deste sábado (21), convenção estadual para reconduzir o deputado estadual Lídio Lopes (Patri) à presidência do diretório regional por mais dois anos.

A vice-prefeita Adriane Lopes, esposa de Lídio, esteve presente no evento. “Estamos construindo um trabalho e uma boa conversa para o ano que vem”, afirmou o parlamentar ao ser questionado sobre as tratativas para a reeleição do prefeito Marquinhos Trad (PSD). Para Marquinhos, Adriane é considerada a ‘vice ideal’ para 2020. 

Pelo interior do Estado, os planos do Patriotas são para disputar a prefeitura em 15 cidades. “Hoje nós temos 15 candidatos a prefeito do Patriotas nos municípios de Mato Grosso do Sul. Muitos deles líderes de pesquisas nos municípios”, detalhou o presidente da legenda. De acordo com ele, há também conversa para composições indicando candidatos a vice.

Nomes novos para vereador

Após convenção, Patriotas diz ter 'boa conversa' para seguir com vice em Campo Grande
Partido não quer vereadores que sejam candidatos à reeleição. (Divulgação)

Na chapa proporcional, o partido busca novos nomes e disse que não apostará em nenhum vereador que já procura reeleição. “Não queremos trazer nenhum vereador de mandato pra que os pré-candidatos não se sintam achando que eles só estão vindo pra ser escada pra eleger alguém. Nós queremos que todos tenham chance de poder concorrer, colocar em prática e tentar viabilizar sua eleição”, adiantou o dirigente, garantindo que na Capital a legenda terá 58 nomes para vereador. 

Sobre a convenção desta manhã, Lídio destacou ter se tratado de orientação do diretório nacional. Seu mandato só terminaria em fevereiro, mas a antecipação é para iniciar 2020 com tudo pronto para as convenções municipais.

Na verdade, a gente não fez uma convenção de grande mobilização. A gente fez uma convenção de trazer pontuais as lideranças das cidades estratégicas que nós estamos trabalhando e alguns pré-candidatos em Campo Grande”, comentou. 

Jornal Midiamax