Política

‘Neste momento não aceitaria’: Lídio descarta ida ao TCE-MS após rumores de indicação

Um dia após conquistar a presidência da mais importante comissão da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Lídio Lopes (Patriota) espantou rumores de uma eventual indicação para o TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado). “Neste momento não aceitaria”, afirmou Lídio, durante a sessão desta quinta-feira (7). O deputado alegou que assumiu diversos compromissos com eleitores e […]

Ludyney Moura Publicado em 07/02/2019, às 12h15

Deputado estadual e presidente do Patri em MS, Lídio Lopes. (Victor Chileno, ALMS)
Deputado estadual e presidente do Patri em MS, Lídio Lopes. (Victor Chileno, ALMS) - Deputado estadual e presidente do Patri em MS, Lídio Lopes. (Victor Chileno, ALMS)

Um dia após conquistar a presidência da mais importante comissão da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Lídio Lopes (Patriota) espantou rumores de uma eventual indicação para o TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado).

“Neste momento não aceitaria”, afirmou Lídio, durante a sessão desta quinta-feira (7).

O deputado alegou que assumiu diversos compromissos com eleitores e aliados durante a campanha de 2018, e que pretende cumpri-los antes de ventilar a possibilidade retornar ao TCE, onde é servidor de carreira.

Lopes afirmou ao Jornal Midiamax que não teve conhecimento de conversas envolvendo seu nome a eventual indicação para o cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas.

“Se foi ventilado (o assunto), foi por um suplente que quer ser deputado”, disse Lídio.

Apesar de oficialmente a Corte Fiscal de Mato Grosso do Sul não ter nenhum conselheiro em vias de deixar o cargo, os rumores envolvendo eventual indicação de um parlamentar, ou ex-parlamentar, ganharam forças logo após o início da 11ª legislatura estadual.

Jornal Midiamax