Política

MDB conversou com Rose e discute nomes para Prefeitura em 2020, diz presidente

Presidente municipal do MDB, Ulysses Rocha declarou ao final da reunião com a diretoria executiva do partido nesta sexta-feira (9) que a sigla manteve conversas com a deputada federal Rose Modesto (PSDB) e que a considera uma opção para disputar a Prefeitura de Campo Grande em 2020 pelo partido. “Isso não quer dizer que batemos […]

Evelin Cáceres Publicado em 09/08/2019, às 11h45 - Atualizado em 20/07/2020, às 01h55

None

Presidente municipal do MDB, Ulysses Rocha declarou ao final da reunião com a diretoria executiva do partido nesta sexta-feira (9) que a sigla manteve conversas com a deputada federal Rose Modesto (PSDB) e que a considera uma opção para disputar a Prefeitura de Campo Grande em 2020 pelo partido.

“Isso não quer dizer que batemos o martelo, que estamos acertados. Mas sim. Nós conversamos com a Rose Modesto. Ela tem um ‘recall’ enorme da última eleição, é uma forte candidata”, declarou Rocha.

Além de Rose, o procurador de Justiça Sérgio Harfouche também foi procurado pelo MDB. A Executiva já havia anunciado que teria candidato próprio em Campo Grande e confirmou a decisão. “Não precisa ser necessariamente do partido. Nós podemos trazer esse candidato. Mas nós temos nomes, como o André Puccinelli e a senadora Simone Tebet”.

No entanto, ambos afirmaram no encontro que não têm a intenção de disputar as eleições municipais. Deputado estadual, Márcio Fernandes disse que também colocou o nome à disposição.

O partido, que atualmente tem os vereadores Wilson Sami e Dr. Loester, pretende eleger seis parlamentares em 2020 para a Câmara Municipal.

Dourados e Corumbá

Além da Capital, o MDB deverá ter candidatos em Dourados e Corumbá. “Em Dourados nós temos o deputado estadual Renato Câmara e em Corumbá o Gabriel Ohara [vereador mais votado em 2016] e também o ex-prefeito Paulo Duarte”, finalizou Ulisses.

André Puccinelli, que estava na reunião, afirmou que não concederia entrevistas.

Jornal Midiamax