Política

MS espera dinheiro do Pré-sal com promessa de Guedes para abril

Após encontro com o ministro da Economia do governo de Jair Bolsonaro, Paulo Guedes, o governador Reinaldo Azambuja e o secretário de governo, Eduardo Riedel, ambos do PSDB, esperam ações práticas da União para auxiliar na recuperação fiscal dos Estados. Azambuja e Riedel estiveram no encontro de Guedes com os governadores do Fórum Brasil Central, […]

Ludyney Moura Publicado em 29/03/2019, às 12h37 - Atualizado às 12h45

Reinaldo e Riedel participaram de reunião com Guedes esta semana (Foto: Divulgação/Chico Ribeiro/Subsecom)
Reinaldo e Riedel participaram de reunião com Guedes esta semana (Foto: Divulgação/Chico Ribeiro/Subsecom) - Reinaldo e Riedel participaram de reunião com Guedes esta semana (Foto: Divulgação/Chico Ribeiro/Subsecom)

Após encontro com o ministro da Economia do governo de Jair Bolsonaro, Paulo Guedes, o governador Reinaldo Azambuja e o secretário de governo, Eduardo Riedel, ambos do PSDB, esperam ações práticas da União para auxiliar na recuperação fiscal dos Estados.

Azambuja e Riedel estiveram no encontro de Guedes com os governadores do Fórum Brasil Central, quando o ministro se comprometeu a apresentar um plano fiscal para liberar dinheiro aos Estados oriundos, por exemplo, do leilão de áreas do pré-sal.

“Esse plano trará detalhes de como será o apoio aos Estados, já que alguns estão com dificuldades de pagar folha salarial e outros têm pouca capacidade de investimento”, ressaltou Azambuja.

Além dos recursos do pré-sal, o governo Federal também conta com antecipação de recebíveis e com a reforma da previdência para auxiliar os Estados a reduzirem déficit fiscal.

Riedel destaca que a equipe econômica do governo Bolsonaro, chefiada por Guedes, tem analisado dificuldades estruturais do país, e traçado ações de curto, médio e longo prazo que possam promover equilíbrio financeiro e ajuste fiscal.

Jornal Midiamax