Política

Dos 8 deputados de MS, 6 ficaram no mesmo bloco parlamentar na Câmara

Três blocos parlamentares foram formalizados na Câmara dos Deputados, na sexta-feira (2), quando os parlamentares tomaram posse e foram eleitos os membros da Mesa Diretora. Entre oito os deputados eleitos por Mato Grosso do Sul, seis fazem parte do grupo de apoio ao governo Jair Bolsonaro (PSL), que tem 301 deputados. Rose Modesto, Beto Pereira […]

Richelieu Pereira Publicado em 02/02/2019, às 10h31 - Atualizado às 10h51

Plenário da Câmara dos Deputados durante a posse dos parlamentares. (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)
Plenário da Câmara dos Deputados durante a posse dos parlamentares. (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados) - Plenário da Câmara dos Deputados durante a posse dos parlamentares. (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)
Dos 8 deputados de MS, 6 ficaram no mesmo bloco parlamentar na Câmara
Plenário da Câmara dos Deputados durante a posse dos parlamentares. (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

Três blocos parlamentares foram formalizados na Câmara dos Deputados, na sexta-feira (2), quando os parlamentares tomaram posse e foram eleitos os membros da Mesa Diretora. Entre oito os deputados eleitos por Mato Grosso do Sul, seis fazem parte do grupo de apoio ao governo Jair Bolsonaro (PSL), que tem 301 deputados.

Rose Modesto, Beto Pereira e Bia Cavassa, do PSDB; Loester Trutis e Luiz Ovando, do PSL; e Fábio Trad (PSD) fazem parte do maior bloco com 11 partidos, que ficou com os cargos mais nobres da Mesa e terá preferência do comando das comissões permanentes.

Já Dagoberto Nogueira (PDT), ficou no segundo maior bloco, que tem 105 deputados e, assim como o primeiro, apoiou o nome do deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) para presidir a Casa por mais dois anos.

Por fim, Vander Loubet (PT) ficou no bloco de oposição, com 97 deputados.

A formação de blocos também é importante porque as maiores bancadas terão preferência para escolher as comissões temáticas permanentes que pretendem comandar, além do número de cadeiras nos colegiados.

Veja abaixo como ficou definida a Mesa Diretora e blocos:

O bloco de apoio ao governo será composto por PSL (52), PP (38), PSD (35), MDB (34), PR (33), PRB (30), DEM (29), PSDB (29), PTB (10), PSC (8) e PMN (3).

O segundo maior bloco será formado por PDT (28), Pode (17), Solidariedade (13), PCdoB (10), Patri (9), PPS (8), Pros (8), Avante (7), PV (4) e Democracia Cristã (1).

O bloco de oposição será composto por PT (54), PSB (32), Psol (10) e Rede (1).

Dois partidos não integram nenhum bloco: Novo (8) e PTC (2).

*Com informações e gráficos da Agência Câmara

Dos 8 deputados de MS, 6 ficaram no mesmo bloco parlamentar na Câmara

Dos 8 deputados de MS, 6 ficaram no mesmo bloco parlamentar na Câmara

Jornal Midiamax