Política

Deputado quer reduzir servidores cedidos para ex-governadores em MS

O deputado estadual Evander Vendramini (PP) apresentou nesta terça-feira (7) um projeto para revogar uma lei estadual e reduzir de quatro para três os servidores cedidos para fazer a segurança dos ex-governadores do Estado de Mato Grosso do Sul. Segundo o projeto, também ficaria alterado o prazo da prestação da segurança e apoio pessoal, atualmente […]

Evelin Cáceres Publicado em 07/05/2019, às 12h58 - Atualizado às 13h45

Evander Vendramini (Foto: Luciana Nassar/ALMS)
Evander Vendramini (Foto: Luciana Nassar/ALMS) - Evander Vendramini (Foto: Luciana Nassar/ALMS)

O deputado estadual Evander Vendramini (PP) apresentou nesta terça-feira (7) um projeto para revogar uma lei estadual e reduzir de quatro para três os servidores cedidos para fazer a segurança dos ex-governadores do Estado de Mato Grosso do Sul.

Segundo o projeto, também ficaria alterado o prazo da prestação da segurança e apoio pessoal, atualmente em quatro anos para dois anos, que poderiam ou não ser prorrogados por igual período.

Caso a nova lei seja aprovada, os servidores a serem contratados serão militares, sendo um oficial e dois praças dentre os agentes de segurança pertencentes ao quadro efetivo da Casa Militar da Governadoria.

A proposta incluirá a perda do direito ao benefício àqueles que fixarem residência fora de Mato Grosso do Sul ou se eleitos forem a quaisquer cargos eletivos.

O projeto agora segue para análise da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação), para então ser apreciado pelos demais deputados em plenário.

Jornal Midiamax