Política

Deputado pede estudo para uso de rejeitos de mineradoras de Corumbá em fábricas

O deputado estadual Evander Vendramini (PP) fez indicação nesta quinta-feira (28) pedindo um estudo de viabilidade para uso dos rejeitos de minério de ferro das empresas Vale e Vetorial, mineradoras instaladas em Corumbá, para uso na construção civil. Em visita na última semana às unidades junto com os deputados Herculano Borges (SD) e Lucas de […]

Evelin Cáceres Publicado em 28/03/2019, às 11h38

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação

O deputado estadual Evander Vendramini (PP) fez indicação nesta quinta-feira (28) pedindo um estudo de viabilidade para uso dos rejeitos de minério de ferro das empresas Vale e Vetorial, mineradoras instaladas em Corumbá, para uso na construção civil.

Em visita na última semana às unidades junto com os deputados Herculano Borges (SD) e Lucas de Lima (SD), técnicos falaram da possibilidade de uso.

“Ao invés de ficar nas barragens, podem ser usados para fabricação de lajotas, tijolos e até massa asfáltica, disseram. A gente precisa do estudo porque isso pode movimentar a economia e ter um uso mais inteligente que colocar em barragens, que podem oferecer risco às pessoas”, disse Vendramini.

O deputado defende que o custo para as empresas seria baixo, tornando a utilização rentável, ao invés do descarte. Corumbá tem a terceira maior reserva de minério de ferro e a segunda maior de manganês do Brasil. No município, estão instaladas 21 barragens, das mineradoras Vale e Vetorial. O volume produzido é significativo – o minério está entre os principais itens da pauta das exportações sul-mato-grossenses.

Jornal Midiamax