Política

Corregedoria do MP abre procedimento para apurar conduta de Deltan Dellagnol

Foi aberto nesta segunda-feira (10) pela corregedoria nacional do MP (Ministério Público) procedimento para apurar os fatos revelados ao público no domingo (9) pelo site The Intercept, envolvendo troca de mensagens entre o ex-juiz Sérgio Moro e o procurador federal Deltan Dallagnol. O caso repercutiu fortemente no meio político e jurídico, contando inclusive com pedidos […]

Nyelder Rodrigues Publicado em 10/06/2019, às 19h32 - Atualizado às 19h37

None
procurador-deltan-m-dallagnol.jpeg

Foi aberto nesta segunda-feira (10) pela corregedoria nacional do MP (Ministério Público) procedimento para apurar os fatos revelados ao público no domingo (9) pelo site The Intercept, envolvendo troca de mensagens entre o ex-juiz Sérgio Moro e o procurador federal Deltan Dallagnol.

O caso repercutiu fortemente no meio político e jurídico, contando inclusive com pedidos de afastamento dos envolvidos, pessoais e até da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). A instauração do procedimento na corregedoria foi feita ainda hoje.

A instauração da reclamação disciplinar foi feita com base em solicitação dos conselheiros do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) Luiz Fernando Bandeira, Gustavo Rocha, Erick Venâncio e Leonardo Accioly.

Assim, fica determinada pelo corregedor nacional Orlando Rochadela a notificação dos membros do Ministério Público Federal integrantes da força-tarefa da Lava Jato para manifestação em 10 dias sobre os fatos revelados nas reportagens.

Também foi determinado para que sejam informados no mesmo prazo os antecedentes disciplinares dos membros integrantes da Lava Jato em Curitiba (PR). Após o prazo, os autos serão analisados pelo corregedor nacional.

Jornal Midiamax