Política

Azambuja se reúne com Lorenzoni e pede agilidade em obras do Governo Federal no MS

O Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) se encontrou com o ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Onyx Lorenzoni, ontem (24), em Brasília (DF). Segundo a assessoria de imprensa do Governo de Mato Grosso do Sul, no encontro os políticos trataram de pautas para o desenvolvimento do estado, como as rotas bioceânicas. Além de Azambuja […]

Flávio Veras Publicado em 25/01/2019, às 11h13 - Atualizado em 15/07/2020, às 12h47

Governo de MS/Cedida
Governo de MS/Cedida - Governo de MS/Cedida
Azambuja se reúne com Lorenzoni e pede agilidade em obras do Governo Federal no MS
Governo de MS/Cedida

O Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) se encontrou com o ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Onyx Lorenzoni, ontem (24), em Brasília (DF). Segundo a assessoria de imprensa do Governo de Mato Grosso do Sul, no encontro os políticos trataram de pautas para o desenvolvimento do estado, como as rotas bioceânicas.

Além de Azambuja e o ministro, a reunião ainda contou com a presenças do secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck; do senador Pedro Chaves (PRB); e do deputado eleito Beto Pereira (PSDB).

Ainda conforme o Governo de MS, Azambuja pediu celeridade na execução de projetos prioritários do estado que têm participação do Governo Federal. “Projetos relacionados à segurança na fronteira, para diminuição da criminalidade; à competitividade, rotas bioceânicas, ferroviária e rodoviária, importantes para o MS e o Centro-Oeste; à concessão da BR-163, que corta Mato Grosso do Sul de norte a sul e precisa ser organizada; e outras pautas importantes. Muitos assuntos que tratamos em outros ministérios também tratamos na Casa Civil”, explicou.

O governador informou ainda que Onyx Lorenzoni se comprometeu a passar as demandas de Mato Grosso do Sul para o interlocutor da Casa Civil, Abelardo Lupion. Ainda na reunião, o chefe do Executivo Sul-Mato-Grossense expressou novamente apoio às iniciativas econômicas e institucionais do Governo Federal que atendam às necessidades do povo brasileiro e que integram a chamada Agenda Brasil. “Temos parceria e comprometimento com a [reforma da] previdência e o pacto federativo, para que a gente possa ter capacidade de ampliar investimentos no País”, destacou.

Ainda na quinta-feira, o governador também teve encontros com os ministros da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), Infraestrutura, Tarcísio de Freitas e Mansueto Almeida da STN (Secretaria do Tesouro Nacional).

Jornal Midiamax