Política

VÍDEO: Amigos, familiares e ex-secretários chegam para enterro de ex-governador

Família se despede de Wilson Martins

Evelin Cáceres Publicado em 14/02/2018, às 13h51

None

Família se despede de Wilson Martins

Vários amigos, parentes e ex-secretários que trabalharam com o ex-governador Wilson Barbosa Martins chegam para o enterro nesta quarta-feira (14), no Parque das Primaveras. Ele faleceu ontem, terça-feira (13), na Capital aos 100 anos de idade.

A cerimônia para o último adeus ao ex-governador está marcada para as 10h30, no cemitério Parque das Primaveras, localizado na Av. Sen. Filinto Müler, 2211 – Jardim Parati.

Frederico Valente, de 71 anos, que foi presidente da Sanesul no primeiro governo de Martins e secretário de planejamento no segundo afirma que ele foi um grande líder de Mato Grosso do Sul. “Era uma pessoa muito tranquila para se trabalhar junto, porque era descentralizador”, explicou.

História

Doutor Wilson, como era conhecido, nasceu em Campo Grande, no dia 21 de junho de 1917. De família de políticos, seu tio, Vespasiano Barbosa Martins, participou da revolução de 1930, foi senador pelo antigo estado do Mato Grosso (1935-1937), constituinte (1946) e novamente senador pelo Mato Grosso (1946-1955).

Eleito prefeito de Campo Grande na legenda da UDN em outubro de 1958, assumiu a prefeitura em janeiro do ano seguinte. Em outubro de 1962 elegeu-se deputado federal por Mato Grosso, ainda na UDN. Deixando a prefeitura em janeiro de 1963, ocupou a cadeira na Câmara dos Deputados em fevereiro seguinte.

Em fevereiro de 1969 teve seu mandato parlamentar cassado e os direitos políticos suspensos por dez anos pelo Ato Institucional nº 5, editado em dezembro do ano anterior, voltando a exercer a advocacia.

Nas eleições de novembro de 1982 foi eleito governador do estado de Mato Grosso do Sul na legenda do PMDB. Desincompatibilizou-se do cargo em maio de 1986 para disputar uma cadeira no Senado nas eleições de novembro próximo, sendo substituído pelo vice Ramez Tebet.

Eleito senador da República, sempre no PMDB, ocupou a primeira vaga pelo Mato Grosso do Sul em fevereiro de 1987, quando tiveram início os trabalhos da Assembleia Nacional Constituinte (ANC).

No pleito de outubro de 1994 foi novamente eleito governador do Mato Grosso do Sul, na legenda do PMDB, já no primeiro turno e com 41,43% dos votos. Wilson Martins passou o governo para Zeca do PT em 1º de janeiro de 1999. O ex-governador Wilson Barbosa Martins morreu na madrugada de ontem, terça-feira (13), em sua residência, na rua 15 de Novembro, em Campo Grande. Ele estava sob cuidados médicos em casa.

Jornal Midiamax