Política

Vereadores votam reajuste dos médicos e mais quatro projetos nesta quinta

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande cinco projetos na sessão desta quinta-feira (5). Em única discussão e votação, será votado o Projeto de Lei 8.983/18, de autoria prefeitura, que dispõe sobre o reajuste da tabela salarial dos médicos do quadro de remuneração dos servidores da Capital. Pela proposta, o vencimento dos médicos com […]

Richelieu Pereira Publicado em 05/07/2018, às 07h52

Parlamentares durante sessão desta quinta. (Foto: Izaias Medeiros/CMCG)
Parlamentares durante sessão desta quinta. (Foto: Izaias Medeiros/CMCG) - Parlamentares durante sessão desta quinta. (Foto: Izaias Medeiros/CMCG)

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande cinco projetos na sessão desta quinta-feira (5).

Em única discussão e votação, será votado o Projeto de Lei 8.983/18, de autoria prefeitura, que dispõe sobre o reajuste da tabela salarial dos médicos do quadro de remuneração dos servidores da Capital.

Pela proposta, o vencimento dos médicos com carga horária de 40 horas semanais, terá aumento no vencimento inicial da categoria no valor de R$ 1.500,00, linear para todas as classes a partir de 1º de maio de 2018, que será pago retroativamente.

No vencimento dos médicos com carga horária de 12 e 20 horas semanais, reajuste no vencimento inicial da categoria no percentual de 3,04%.

Os plantões realizados pelos profissionais de medicina ficam reajustados em 02 partes, sendo 3,04% a partir de 1° de maior e R$ 100,00 por plantão, totalizando 12,04% sobre os plantões a contar de 1º de outubro de 2018.

Outros quatro Projetos serão votados em segunda discussão e votação.

O Projeto de Lei 8.687/17, de autoria do vereador João César Mattogrosso (PSDB), que declara de utilidade pública municipal a Associação Sul-Mato-Grossense de Startus.

O Projeto de Lei 8.775/17, de autoria dos vereadores Dr. Lívio (PSDB) e Delegado Wellington (PDSB), que institui o programa recomeçar que trata sobre a reflexão, conscientização e responsabilização dos autores de violência doméstica e grupos reflexivos de homens no município de Campo Grande e dá outras providências.

Também o Projeto de Lei 8.816/18, que dispõe sobre a implantação do Programa “Empoderando paciente e família” destinado às pessoas portadoras de câncer, residentes na cidade de Campo Grande e dá outras providências. A proposta é de autoria dos vereadores João Rocha (PSDB), Loester Nunes (MDB), Wilson Sami (MDB) e Cida Amaral (Pros).

Por fim, será votado o Projeto de Lei 8.833/18, de autoria do vereador Dr. Lívio, que dispõe sobre a criação do Programa “Parceria Verde” e dá outras providências.

Jornal Midiamax