Política

Vander Loubet e quatro empresários são denunciados ao STF por ‘Caixa 3’

Procuradora-geral Raquel Dodge fez denúncia ao STF

Aliny Mary Dias Publicado em 04/04/2018, às 17h47

None

Procuradora-geral Raquel Dodge fez denúncia ao STF

O deputado federal Vander Loubet (PT) e mais quatro empresários foram denunciados, nesta terça-feira (3), ao STF (Supremo Tribunal Federal) por suposto desvio de recursos da campanha eleitoral de 2010. A denúncia sobre o “Caixa 3” foi feita pela procuradora-geral da República Raquel Dodge e segundo o MPF (Ministério Público Federal) é a primeira do tipo desde o início da Operação Lava Jato.

De acordo com a denúncia, Vander declarou ao TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) ter recebido R$ 50 mil em doação das empresas Leyroz de Caxias Indústria e Logística e Praiamar Indústria e Comércio Distribuição, no entanto, comprovou-se que a doação foi feita mesmo pelo Grupo Odebrecht.

Além de Vander, foram denunciados os empresários Roberto Luiz Ramos Fontes Lopes, Walter Faria, Alexandrino de Salles Ramos de Alencar e Benedicto Barbosa da Silva Júnior.

A procuradora-geral sustentou que Vander não foi o único que se beneficiou do “Caixa 3”, outros políticos teriam recebido valores da Odebrecht que eram declarados como doações de outras empresas. Pelo menos outros quatro inquéritos estão em andamento sobre o mesmo assunto envolvendo outros políticos.

Ainda conforme o MPF, a prática de “Caixa 3” foi descoberta pela força-tarefa da Operação Lava Jato depois da delação premiada de Alexandrino de Salles Ramos de Alencar

Vander Loubet e quatro empresários são denunciados ao STF por 'Caixa 3'

O relator do processo no tribunal é o ministro Celso de Mello. A reportagem tentou contato com o deputado Vander por telefone, mas nenhuma ligação foi atendida até a publicação desta matéria.

Jornal Midiamax