Política

Regra proíbe manifestação e estudante é expulsa da plateia do Debate Midiamax

Expulsa da plateia após se manifestar por três vezes, conforme determinam as regras para o público que assiste ao Debate Midiamax ao vivo nesta segunda-feira (3) no Crea-MS, Mila Milhomem afirma que entendeu o posicionamento da organização e que somente queria ser solidária aos acadêmicos da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul). “Sou […]

Evelin Cáceres Publicado em 03/09/2018, às 21h41 - Atualizado às 21h45

Foto: Minamar Júnior
Foto: Minamar Júnior - Foto: Minamar Júnior
Regra proíbe manifestação e estudante é expulsa da plateia do Debate Midiamax
Foto: Minamar Júnior

Expulsa da plateia após se manifestar por três vezes, conforme determinam as regras para o público que assiste ao Debate Midiamax ao vivo nesta segunda-feira (3) no Crea-MS, Mila Milhomem afirma que entendeu o posicionamento da organização e que somente queria ser solidária aos acadêmicos da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul).

“Sou estudante de Pedagogia da UFMS, mas conheço a situação da Universidade Estadual e somente me manifestei em nome dos acadêmicos. A Universidade está sucateada e só dão atenção para o curso de Medicina e olhe lá. Fizeram protesto na Governadoria há dois meses e conseguiram adiantar a realização de concurso para professores. Mas outros cursos seguem sem docentes, como Geografia”, disse a estudante.

Convidada da plateia do candidato Humberto Amaducci (PT), a estudante afirma que não é cabo eleitoral e acompanhou o restante do debate do telão, junto com a torcida organizada.

Jornal Midiamax