Política

Reajuste: Após encontro com Riedel, Fetems diz que governo está irredutível

Secretário recebeu sindicalista na governadoria

Ludyney Moura Publicado em 03/04/2018, às 16h14

None

Secretário recebeu sindicalista na governadoria

O presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Jaime Teixeira, conseguiu uma audiência com representantes do governo Reinaldo Azambuja (PSDB), no fim da manhã desta terça-feira (3), e não se mostrou otimista após a reunião.

Segundo Teixeira, ele e o departamento jurídico da Federação foram recebidos pelo secretário estadual de governo, Eduardo Riedel (PSDB), e por uma representante da PGE (Procuradoria-Geral do Estado).

Jaime revelou que o governo está ‘irredutível’, e não deve fazer uma proposta superior aos 3,04% já oferecidos, tampouco atender solicitação dos administrativos da educação, que tem audiência pública marcada para a tarde de hoje.

O pedido dos servidores administrativos é incorporação no salário dos R$ 200 de abono, concedidos pelo governo em 2016, nem que isso seja feito de forma progressiva.

Como o governo está irredutível, a intenção dos sindicalistas é sensibilizar os deputados, que têm até a próxima quinta-feira (5) para votar o projeto de reajuste salarial.

A Fetems espera mais de mil servidores na audiência pública. Centenas deles já estão na Assembleia e vão almoçar no local. Uma cozinha improvisada no pátio vai fornecer um cardápio com arroz carreteiro, feijão e salada para quem vai acompanhar a discussão no legislativo estadual.

Jornal Midiamax