Política

Presidenciáveis repercutem no Twitter ataque a Bolsonaro

Após o ataque sofrido pelo candidato Jair Bolsonato (PSL) nesta quinta-feira (06), cinco dos treze candidatos à Presidência publicaram em suas contas do twitter manifestações de solidariedade e de repúdio a violência. Álvaro Dias (Podemos), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Boulos (Psol) e João Amoedo (Novo), lamentaram o ocorrido e afirmaram não serem […]

Egina Becker Publicado em 06/09/2018, às 16h20 - Atualizado às 17h38

None

Após o ataque sofrido pelo candidato Jair Bolsonato (PSL) nesta quinta-feira (06), cinco dos treze candidatos à Presidência publicaram em suas contas do twitter manifestações de solidariedade e de repúdio a violência.

Álvaro Dias (Podemos), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Boulos (Psol) e João Amoedo (Novo), lamentaram o ocorrido e afirmaram não serem adeptos a qualquer demonstração de ódio, independente das diferenças. Para os candidatos, a violência não se justifica.

O atual presidente do Brasil, Michel Temer (MDB), também comentou o episódio. Segundo o parlamentar, “é intolerável exatamente a intolerância que tem havido na sociedade brasileira”.

Confira algumas postagens:

Jornal Midiamax