Política

PDT conversa com pastor do PSB, pai de deputado, como opção para vice de Odilon

Partido também teria convidado Reni Chaves

Maisse Cunha Publicado em 28/06/2018, às 16h23 - Atualizado em 20/07/2020, às 01h02

(Foto: reprodução/facebook)
(Foto: reprodução/facebook) - (Foto: reprodução/facebook)

Pastor evangélico e pai do deputado federal Elizeu Dionizio (PSB), Antônio Dionizio mantém conversas com o PDT para eventual posto de vice na chapa do juiz federal aposentado Odilon Oliveira (PDT) ao Governo de Mato Grosso do Sul. A informação foi confirmada pelo vereador da Capital e coordenador da pré-campanha do pai, Odilon Júnior (PDT).

Segundo o vereador, o religioso que recentemente trocou o PSDB, do governador Reinaldo Azambuja pelo PSB, reuniu-se com dirigentes do PDT na semana passada para discutir o assunto.

“Tiveram [PDT e Antônio] uma reunião na semana passada para ver o que consegue avançar nessa ‘paquera. É a intenção deles, mas o fechamento dessas coisas precisa de conversa”, disse ao Midiamax nesta quinta-feira (28).

O presidente regional do PDT, João Leite Schmidt, confirmou as conversas com o PSB, sem confirmar o nome do pastor. A decisão sobre a composição da chapa, segundo o dirigente, só deve ficar para segunda quinzena de julho, quando será realizada convenção da sigla.

Jornal Midiamax