Política

OAB-MS discute com PF, MPF e MP-MS canais de denúncias para eleição de outubro

  Eleitores de todo Estado terão à disposição alguns canais para denunciar possíveis irregularidades nas eleições deste ano, como compra de votos e prática de caixa 2. Um deles será disponibilizado pela OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso Sul). O presidente da entidade, Mansour Karmouche, esteve na Assembleia Legislativa, na manhã desta […]

Ludyney Moura Publicado em 03/05/2018, às 11h06

None

Eleitores de todo Estado terão à disposição alguns canais para denunciar possíveis irregularidades nas eleições deste ano, como compra de votos e prática de caixa 2. Um deles será disponibilizado pela OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso Sul).

O presidente da entidade, Mansour Karmouche, esteve na Assembleia Legislativa, na manhã desta quinta-feira (3), e revelou que a OAB já definiu sua comissão de fiscalização das eleições de 2018.

A entidade, disse o advogado, já discute com a Polícia Federal, MPF (Ministério Público Federal) e MP-MS (Ministério Público Estadual) a melhor forma para disponibilizar à população um canal de denúncias.

Este ano a Ordem quer dar uma atenção especial à criação e compartilhamento de notícias falsas, as chamadas Fake News.

Karmouche revelou ainda que a OAB-MS também pretende sabatinar os candidatos ao governo estadual, para apresentação de propostas e detalhamento do plano de governo de cada um.

Jornal Midiamax