Política

Agência de Habitação terá R$ 600 mil para financiar casas do Minha Casa Minha Vida

Programa ajudará financiar entrada dos imóveis

Egina Becker Publicado em 12/07/2018, às 15h29 - Atualizado em 13/07/2018, às 11h12

Sessão ordinária na Câmara (Foto: Izaias Medeiros/CMCG)
Sessão ordinária na Câmara (Foto: Izaias Medeiros/CMCG) - Sessão ordinária na Câmara (Foto: Izaias Medeiros/CMCG)
Agência de Habitação terá R$ 600 mil para financiar casas do Minha Casa Minha Vida
Sessão ordinária na Câmara (Foto: Izaias Medeiros/CMCG)

Durante sessão nesta quinta-feira (12), a Câmara de Campo Grande aprovou dois projetos voltados à moradia e habitação na região da Capital, ambos de autoria do prefeito. Os projetos pretendem auxiliar a atuação da EMHA (Agência Municipal de Habitação) junto às famílias beneficiadas do programa Minha Casa Minha Vida.

Os projetos, que já estavam pautados para a sessão desta quinta, foram aprovados por unanimidade de votos. Os parlamentares argumentaram pela melhoria no cenário da habitação e chamaram atenção para o avanço do setor, quando iniciativas neste sentido são tomadas pelo Executivo Municipal.

Sonho de Morar

O programa da EMHA Sonho de Morar prevê a concessão de auxilio financeiro no valor de R$ 600 mil destinados às famílias beneficiárias do programa Minha Casa Minha Vida.  A proposta do projeto é que essas famílias consigam pagar a entrada do financiamento do imóvel.

Poderão participar do programa os beneficiários que tenham renda familiar mensal de até R$ 2,6 mil.

Doação de imóveis à EMHA

O projeto autoriza o Poder Executivo a desafetar e doar à EMHA imóveis denominados de “lote A”, “lote B”, “lote C” e “área institucional com 28.660, 0940 m²”,  em área destinada à construção de mais 288 apartamentos do programa Minha Casa Minha Vida, localizada no bairro Alves Pereira, no parcelamento chamado de “Jardim Nashville”.

Jornal Midiamax