Política

Lei orçamentária é aprovada e estimativa de receita chega a R$ 4 bilhões em 2019

Na Câmara Municipal, em sessão extraordinária nesta quinta-feira (20), foi aprovado em segunda discussão e votação, o projeto de lei 9.087/2018, que representa o LOA (Lei Orçamentária Anual), onde estima-se que a receita poderá chegar a R$ 4 bilhões para o ano de 2019. A arrecadação cresce 8,26% em relação ao que foi apresentado neste […]

Vinícius Costa Publicado em 20/12/2018, às 15h29 - Atualizado às 15h32

(Foto: Izaias Medeiros/Câmara Municipal)
(Foto: Izaias Medeiros/Câmara Municipal) - (Foto: Izaias Medeiros/Câmara Municipal)
Lei orçamentária é aprovada e estimativa de receita chega a R$ 4 bilhões em 2019
(Foto: Izaias Medeiros/Câmara Municipal)

Na Câmara Municipal, em sessão extraordinária nesta quinta-feira (20), foi aprovado em segunda discussão e votação, o projeto de lei 9.087/2018, que representa o LOA (Lei Orçamentária Anual), onde estima-se que a receita poderá chegar a R$ 4 bilhões para o ano de 2019. A arrecadação cresce 8,26% em relação ao que foi apresentado neste ano.

Das 433 emendas que foram apresentadas, apenas 176 – menos da metade – estavam aptas. As demais foram anexadas ao projeto como emendas indicativas.

Quando apresentado, ainda em outubro deste ano pela Prefeitura de Campo Grande, especulava-se que o Fundo Municipal de Saúde receberia a maior fatia deste valor, algo em torno de 31,36% do total, valor referente a R$ 1.256.846.000.

A Secretaria Municipal de Educação, com 20,81%, um total de R$ 834.288.000. Em terceiro, a Infraestrutura, com 15,09%, R$ 604.704.000.

Jornal Midiamax