Política

‘Laranja’ de Baird promete se entregar à PF nesta quarta e trio irá para presídio

Considerado pela Polícia Federal como “laranja” do empresário João Roberto Baird, Romilton Rodrigues de Oliveira é o único dos quatro alvos da Operação Computadores de Lama que ainda não foi preso nesta terça-feira (27). Ao Jornal Midiamax, parentes de Romilton afirmam que ele se apresentará nesta quarta-feira. Romilton foi o único não encontrado pela força-tarefa […]

Aliny Mary Dias Publicado em 27/11/2018, às 15h17 - Atualizado em 28/11/2018, às 09h00

None

'Laranja' de Baird promete se entregar à PF nesta quarta e trio irá para presídioConsiderado pela Polícia Federal como “laranja” do empresário João Roberto Baird, Romilton Rodrigues de Oliveira é o único dos quatro alvos da Operação Computadores de Lama que ainda não foi preso nesta terça-feira (27). Ao Jornal Midiamax, parentes de Romilton afirmam que ele se apresentará nesta quarta-feira.

Romilton foi o único não encontrado pela força-tarefa nesta terça. Parentes disseram à reportagem que ele estava em uma propriedade rural em Costa Rica, distante 327 quilômetros de Campo Grande.

O “laranja” estaria a caminho de Campo Grande e já combinou que se entregará na superintendência da PF na manhã desta quarta.

Romilton Rodrigues da Silva era funcionário da ex-esposa de Baird e acabou tornando-se um dos seus principais laranjas após o início da Operação Lama Asfáltica, em 2015. De lá para cá, Baird tenta, segundo a PF, esquivar-se do esquema de recebimento e lavagem de propina para o ex-governador André Puccinelli.

Os outros três presos, André Luiz Cance, João Baird e Antonio Celso Cortez estão na sede da PF, que já solicitou vaga para o trio em presídio de Campo Grande. Eles devem ser transferidos ainda nesta terça.

Computadores de Lama

Foram cumpridos 29 mandados, sendo quatro de prisão preventiva e 25 de busca e apreensão, além do sequestro de valores nas contas bancárias dos investigados e empresas investigadas.

As cidades alvo da operação são Campo Grande, Jaraguari, Dourados e Paranhos. Ao todo, 100 policiais federais, 17 servidores da CGU e 33 servidores da Receita Federal participam da operação.

Em todas as fases da operação Lama Asfáltica, 57 pessoas foram denunciadas, entre elas o ex-governador do Estado André Puccinelli, que está preso desde julho deste ano em uma das fases deflagradas pela Polícia Federal.

Confira neste link os detalhes de todas as fases da operação e os presos.

Jornal Midiamax