Política

Diretórios do PT e Podemos de MS são intimados a prestarem contas em 20 dias

Contas não prestadas podem levar partidos a perderem fundo partidário

Joaquim Padilha Publicado em 08/05/2018, às 08h05

None

O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) intimou os diretórios estaduais do PT e Podemos de Mato Grosso do Sul para que prestem as contas do exercício financeiro do ano passado em até 20 dias.

O prazo para apresentação das contas do exercício de 2017 encerrou no último dia 30 de abril. Até o momento, foram doze os partidos que apresentaram contas.

As intimações dos dois partidos foram feitas pela juíza eleitoral Elizabete Anache. Segundo a juíza, o PT de Mato Grosso do Sul não prestou conta alguma referente ao ano passado, enquanto o Podemos apresentou balancetes apenas do primeiro semestre de 2017.

A não prestação de contas na forma regular junto à Justiça Eleitoral pode acarretar na suspensão do direito do partido de receber do fundo partidário. A prestação de contas partidárias é anual, mesmo em anos que não há eleições.

Entre os que apresentaram contas do ano passado estão o PHS, PR, PSTU, PV, MDB, PSD, SD, PROS, Avante, PP, NOVO, PPL. Além do PT e Podemos, restam 21 partidos para prestarem contas no Estado.

Jornal Midiamax