Política

Cerca de 12 horas após cirurgia, Bolsonaro é transferido para hospital em São Paulo

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) deixou a Santa Casa de Juiz de Fora, em Minas Gerais e foi transferido para São Paulo nesta sexta-feira (7). A transferência para o Hospital Israelita Albert Einstein aconteceu às 7h20, quase 12 horas após ser operado.

Mylena Rocha Publicado em 07/09/2018, às 08h33 - Atualizado em 01/04/2019, às 12h51

Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter - Foto: Reprodução/Twitter

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) deixou a Santa Casa de Juiz de Fora, em Minas Gerais, e foi transferido para São Paulo nesta sexta-feira (7). A transferência para o Hospital Israelita Albert Einstein aconteceu às 7h20, quase 12 horas após ser operado.

Informações do site UOL apontam que as equipes dos hospitais Sírio Libanês e Albert Einstein estiveram em Juiz de Fora ainda nesta quinta-feira (6) para avaliar a possível transferência. A mudança de hospital já era prevista, mas até quinta-feira (6) à noite, os médicos diziam que era necessário estabilizar o quadro de saúde de Bolsonaro.

A doutora Eunice Dantas, diretora técnica da Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora, conversou com o site UOL e disse que a decisão de transferir o presidenciável foi da família, mas que não houve oposição da equipe médica, que considerou que não havia riscos. “Tudo foi discutido exaustivamente. Só foi possível o transporte porque ele está bem”, complementa.

A diretora afirma que Bolsonaro passou por uma cirurgia de grande porte, mas em até 10 dias pode ter alta hospitalar. Dantas também afirmou ao Uol que a agilidade em levar o candidato para o hospital foi fundamental, já que o resultado poderia ter sido ainda mais grave. “Se ele não chegasse no hospital naquele momento, ele poderia ter morrido. Foram quatro bolsas de sangue para ajuda-lo”, explica.

Jornal Midiamax