Política

Após votação, Temer defende a paz e nega fraude nas urnas

O presidente Michel Temer (MDB) chegou às 8h20 para votar na zona Oeste de São Paulo. Depois da votação, Temer conversou com a imprensa presente no local e afirmou que sempre defendeu a paz. “Sempre defendi a paz no País e peço que isso continue”, disse. Sobre as críticas que recebeu do candidato Jair Bolsonaro (PSL) […]

Egina Becker Publicado em 07/10/2018, às 08h49

(Michel Temer/Foto arquivo)
(Michel Temer/Foto arquivo) - (Michel Temer/Foto arquivo)

O presidente Michel Temer (MDB) chegou às 8h20 para votar na zona Oeste de São Paulo. Depois da votação, Temer conversou com a imprensa presente no local e afirmou que sempre defendeu a paz. “Sempre defendi a paz no País e peço que isso continue”, disse.

Sobre as críticas que recebeu do candidato Jair Bolsonaro (PSL) durante a campanha, referente a fraude nas urnas, Temer disse não existir registro de fraude eleitoral ou qualquer problema que retire a credibilidade das eleições no Brasil.

Temer informou que não teria problemas em entregar a Presidência para Bolsonaro, que é atual líder nas pesquisas, mas não quis dizer para quem foi seu voto.

Jornal Midiamax