Política

VÍDEO: manifestantes contrários à reforma recebem deputados no aeroporto

Aproximadamente 100 manifestantes estavam no local

Diego Alves Publicado em 17/03/2017, às 00h50 - Atualizado em 18/07/2020, às 00h38

None
aeroporto2.jpg

Aproximadamente 100 manifestantes estavam no local

Aproximadamente 100 manifestantes contrários a reforma da Previdência fizeram um protesto no saguão do Aeroporto Internacional de Campo Grande, durante o desembarque dos deputados federais Geraldo Resende (PSDB), Zeca do PT e Luiz Henrique Mandetta (DEM). "Um dos três, quatro cinco mil, ou para a reforma ou paramos o Brasil", era a palavra de ordem no momento em que os deputados apareceram no saguão.

Quem apareceu primeiro foi o deputado Geraldo Resende que foi cercado por manifestantes e pelo presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação), Roberto Botarelli. Nesta quarta-feira (15), Geraldo Resende (PSDB), manifestou-se  por meio de sua assessoria de imprensa. Ele se posicionou contrário à reforma da Previdência Social nos termos do projeto encaminhado pelo presidente Michel Temer (PMDB) ao Congresso Nacional.

“Não posso concordar com pontos como tempo de contribuição de 49 anos para receber o benefício integral, com as regras de transição para quem já tem mais de 50 anos ou com qualquer violação de direito adquirido”, ressaltou Geraldo. “Também votarei contra qualquer ponto da proposta que viole o direito dos trabalhadores que ganham menos”, afirmou o parlamentar.

Os deputados Zeca do PT, Mandetta, Dagoberto Nogueira (PDT), Vander Loubet (PT),  Elizeu Dionizio (PSDB), Tereza Cristina (PSB), são contrários a reforma. Já o o deputado Carlos Marun (PMDB), que presidente na Câmara a comissão especial criada para analisar a reforma da Previdência é favorável ao projeto. Ao todo, MS tem oito deputados federais.

Confira o vídeo

Jornal Midiamax