Política

“Total improcedência”, diz Nelsinho sobre suposto esquema no serviço de tapa-buracos

MPE-MS aponta desvio de verba na gestão do ex-peemedebista

Jessica Benitez Publicado em 09/06/2017, às 15h09

None

MPE-MS aponta desvio de verba na gestão do ex-peemedebista

O ex-prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PTB), disse que ainda não foi intimado sobre ação ingressada pelo MPE-MS (Ministério Público Estadual) que aponta suposto esquema de desvio de dinheiro no serviço do tapa-buracos durante sua gestão.

“Total improcedência”, diz Nelsinho sobre suposto esquema no serviço de tapa-buracos

Segundo a inicial, entre os anos de 2010 e 2012 foram firmados 30 contratos de tapa-buraco que vigoraram até janeiro de 2015 e resultaram em gasto de R$ 226 milhões, sendo R$ 109,9 milhões aplicados somente em 2012, último ano da gestão do ex-peemedebista e também ano eleitoral.

Em março do ano passado a Justiça bloqueou mais de R$ 300 milhões de Nelsinho e outros 20 nomes em ação que aponta o mesmo tema. Depois o TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) diminuiu o valor indisponibilizado para cerca de R$ 30 milhões. 

Jornal Midiamax