Política

‘Seria bom para MS’: diz coordenador da bancada sobre indicação de Marun

Possível posse chegou a ser anunciada pelo Planalto

Ludyney Moura Publicado em 23/11/2017, às 11h41

None

Possível posse chegou a ser anunciada pelo Planalto

O coordenador da bancada federal de Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional, senador Waldemir Moka (PMDB) evitou comentar a possível indicação do colega Carlos Marun (PMDB) para assumir a Secretaria de Governo da Presidência da República.

“É um assunto que não tomei conhecimento, ficou muito na especulação. Se ele for convidado, e não posso falar em nome da bancada porque não nos reunimos para isso, acho que seria bom para o Mato Grosso do Sul”, disse o senador.

Na tarde de ontem, quarta-feira (22), o deputado Carlos Marun chegou a ser anunciado pelo Palácio do Planalto como novo ministro da Secretaria de Governo, que voltou atrás minutos depois e manteve informação de quem Antônio Imbassahy (PSDB-BA) permanecia no ministério.

A indicação do nome de Marun é um pedido da bancada peemedebista na Câmara dos Deputados, que deseja mais espaço no governo do presidente Michel Temer (PMDB), e questiona a grande influência dos tucanos na gestão, uma vez que o partido não definiu se permanece ou deixa a base a aliada.

O deputado Marun não foi encontrado no começo da manhã desta quinta-feira (23), para comentar sua possível indicação à Secretaria de Governo. 

Jornal Midiamax