Política

Sem quórum, Mochi suspende sessão à espera de parlamentares

Dois projetos estão na pauta do legislativo estadual nesta quinta-feira

Ludyney Moura Publicado em 04/05/2017, às 14h23

None
Foto: Divulgação/Victor Chileno/ALMS

Dois projetos estão na pauta do legislativo estadual nesta quinta-feira

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Junior Mochi (PDMB), precisou suspender a sessão desta quinta-feira (5), já que não havia número suficiente de parlamentares para apreciação das matérias pautas para hoje.

Pouco antes da ordem do dia, estavam na Casa, além de Mochi, os deputados peemedebistas Eduardo Rocha, Paulo Siufi e Marcio Fernandes, os petistas Cabo Almi e Pedro Kemp, os tucanos Onevan de Matos e Rinaldo Modesto, além de Herculano Borges (SD), Grazielle Machado (PR), Coronel David (PSC) e George Takimoto (PDT).

Na pauta estavam os projetos que tratam do piso salarial dos profissionais farmacêuticos, farmacêuticos bioquímicos, de autoria dos deputados Siufi, Takimoto, Rinaldo e Mara Caseiro (PSDB), e a proposta de criação do ‘o Dia do Auditor de Controle Externo’, de Zé Teixeira (DEM).

A sessão ficou suspensa por cerca de 10 minutos, até que o quórum suficiente de 13 deputados comparecesse ao plenário da Casa. 

A deputada Antonieta Amorim (PMDB) justificou sua ausência alegando compromissos oficiais fora da Casa, enquanto Felipe Orro (PSDB) está de licença por questões de saúde e está em São Paulo fazendo exames médicos. 

Jornal Midiamax