Política

Ruiter e Azambuja acertam contrapartida de US$ 40 milhões para Corumbá

Dinheiro será usado na revitalização de hospital e infraestrutura da cidade

Celso Bejarano Publicado em 04/04/2017, às 19h58

None
ada6221e-1879-4bfa-9b3f-06f468ccca9a.jpg

Dinheiro será usado na revitalização de hospital e infraestrutura da cidade

O prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha, do PSDB, reuniu-se na tarde desta terça-feira, em Campo Grande, com o governador Reinaldo Azambuja, também PSDB, para discutir a liberação de US$ 80 milhões, recurso que deve financiar nos próximos cinco anos o PDI (Programa de Desenvolvimento Integrado).

Metade dos US$ 80 milhões, em torno de R$ 247 milhões, considerando o valor do dólar hoje, sai do cofre do Fonplata (Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata), o resto, por exigência do Fundo, deve ser custeado pela prefeitura de Corumbá.

Ruiter disse que a contrapartida será bancada também pelo governo estadual. Além de obras ligadas à infraestrutura e paisagismo da cidade, o recurso será usado na revitalização do hospital do município e também no aumento de leitos e centro cirúrgico.

“A primeira parcela, entre R$ 5 e R$ 6 milhões, deve ser liberada até o mês de junho”, disse o prefeito, que acrescentou que o contrato com o Fonplata foi celebrado no fim de janeiro deste ano, primeiro mês da gestão de Ruiter.

Pelo anunciado pela assessoria da prefeitura de Corumbá, ainda em janeiro, o financiamento do Funplata vai bancar projetos de infraestrutura de vias, restauração de prédios históricos da cidade, melhorias na orla do rio Paraguai e também na revitalização do Ecoparque Cacimba de Pedra.

Jornal Midiamax