Política

Rose diz em evento que Bernal ‘desprezava’ ajuda para recapear ruas

Projeto era para avenidas Bandeirantes e Assaf Trad

Celso Bejarano Publicado em 10/01/2017, às 15h37

None
rose_modesto.jpg

Projeto era para avenidas Bandeirantes e Assaf Trad

A vice-governadora de Mato Grosso do Sul, Rose Modesto (PSDB), voltou a criticar a gestão do ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP). Desta vez pelo que chamou de “falta de interesse” em tocar adiante projetos ligados à pavimentação das ruas da cidade.

Na manhã desta terça-feira (10), Rose, em evento no paço municipal, que tratou do programa tapa-buracos, disse que durante a gestão de Bernal, o governo estadual propôs parceria com a prefeitura para recapear duas importantes vias da cidade, a avenida Bandeirantes, esburacada do começo ao fim e a avenida Assaf Trad, sequência da avenida Coronel Antonino, saída para Cuiabá.

Rose, governadora em exercício a partir desta terça-feira (10) até o dia 30, em virtude das férias do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), disse que o governo tinha acertado até com empresa do grupo Jereissati, dono do Shopping Bosque dos Ipês, que iria entrar na parceria. “O governo se colocou à disposição a fazer, mas a administração anterior não apresentou o projeto e ficou parado por isso. Sempre houve disposição do governo do estado em relação ao recapeamento das ruas cidades”, disse a tucana.

“Com essa falta de diálogo infelizmente quem perdeu muito foi a cidade. Por mais que o governo tenha vontade de ajudar, é preciso que o município faça sua parte”, concluiu a governadora em exercício.

A reportagem tentou falar com Bernal, por telefone, mas o aparelho estaria desligado, pois a ligação não completava,

Foto: Cleber Gellio/Midiamax

Jornal Midiamax