Política

Renegociação com BNDES pode ‘liberar’ R$ 4 milhões por mês a MS, diz Reinaldo

MS e outros 13 Estados aguardam definição  

Ludyney Moura Publicado em 19/12/2017, às 14h03

None

MS e outros 13 Estados aguardam definição

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) revelou, durante agenda pública na manhã desta terça-feira (19), que o Estado negocia novas regras para quitação de um montante que chega a R$ 364 milhões junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

De acordo com o tucano, Mato Grosso do Sul tem dois contratos autorizados a estar na primeira etapa de renegociação de dívidas, que totalizam os R$ 364 milhões, porém a dívida total do Estado ultrapassa R$ 1,7 bilhão.Renegociação com BNDES pode ‘liberar’ R$ 4 milhões por mês a MS, diz Reinaldo

Segundo Reinaldo, o valor bilionário da dívida foi contraído ‘no governo anterior’, de André Puccinelli (PMDB), e é a maior de Mato Grosso do Sul.

O BNDES está finalizando a proposta de renegociação da dívida de Mato Grosso do Sul e mais 13 estados brasileiros. No total, os valores somam R$ 8,2 bilhões, e a instituição vai prorrogar em 10 anos os pagamentos.

Reinaldo explicou que assim que aprovado, os novos moldes da renegociação vão permitir mais quatro anos de carência e outros cinco anos para quitação do débito. Em contrapartida, o Estado deve ‘aliviar’ seu caixa em quase R$ 4 milhões mensais, que serão economizados com o prolongamento do pagamento da dívida. 

Jornal Midiamax