Política

Reinaldo chama Aquário de ‘loucura’ e diz que terminou 97% de obras de André

Custo total da obra ultrapassa R$ 250 milhões

Ludyney Moura Publicado em 13/12/2017, às 14h09

None

Custo total da obra ultrapassa R$ 250 milhões

Sem anunciar prazo para entrega da obra do Aquário do Pantanal, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) voltou a criticar a iniciativa de construção do empreendimento, que deve ter custo total de mais de R$ 250 milhões.

“Se a loucura foi iniciada, a loucura tem que terminar”, disse Reinaldo referindo-se à necessidade de conclusão da obra.Reinaldo chama Aquário de ‘loucura’ e diz que terminou 97% de obras de André

Durante agenda com a imprensa na manhã desta quarta-feira (13), quando apresentou um balanço de sua gestão, o governador disse que o valor da obra é ‘absurdo’, e que será preciso concluir os trabalhos, já que o Aquário serve apenas para ser um Aquário.

“Como não tem outra utilidade vamos ao Ministério Público, ao Tribunal de Contas, ao Poder Judiciário, se eles concordarem em fazer um termo de acordo acho que podemos, em 2018, concluir”, finalizou.

Ainda durante a agenda no começo da manhã de hoje, o tucano disse que das 214 obras inacabadas deixadas por seu antecessor, o ex-governador André Puccinelli (PMDB), sua gestão finalizou 208, ou 97% do total.

Na lista de obras que ainda estão no programa ‘Obra Inacabada Zero’ o governador citou três presídios e o próprio Aquário do Pantanal. 

Jornal Midiamax