Política

Procuradoria avalia recurso a liminar que devolveu cargo a aliada de Bernal

Prefeito diz que questão está a cargo da Justiça

Midiamax Publicado em 25/01/2017, às 15h46

None
marquinhos_8.jpeg

Prefeito diz que questão está a cargo da Justiça

O prefeito da Capital Marquinhos Trad (PSD), disse nesta manhã de quarta-feira (25) que a questão do cargo de Ritva [Ritva Vieira] na chefia da Agereg (Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Campo Grande) vai ser decidido na justiça. Ele afirma não ter nada contra a ex-diretora e nem a favor do diretor atual, nomeador por ele, Vinicius Leite.

O chefe do executivo municipal enfatizou que ambos irão desenvolver um bom papel. “A questão da Agereg, que fiquei bem claro, eu não tenho nada contra Ritva e nada a favor do Vinicius. O que a justiça mandar fazer eu vou realizar. Acontece que os dois acham que tem direito, então eu falei pra eles, me reuni com os dois e disse a eles que discutam na justiça e o que lá mandar eu sei que vai desempenhar um bom papel”.

Ao ser questionado se o município vai recorrer a liminar favorável a aliada do ex-prefeito Alcides Bernal (PP), ele diz que “a decisão vai ser deles, do Procurador Jurídico e do Vinicius”.

Na tarde dessa terça-feira (24), conforme divulgado pelo Jornal Midiamax, por entender que não procede a argumentação do Município de que a ex-diretora-presidente da Agereg (Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Campo Grande), Ritva Vieira, extrapolou tempo no referido cargo.

Sendo assim, o juiz Alexandre Tsuyoshi Ito deferiu pedido de liminar para que ela retorne às funções ocupadas na gestão de Alcides Bernal (PP). Quem está na direção da agência é automaticamente presidente do Conselho Municipal de Regulação e Controle Social.

Conforme o magistrado, Ritva foi nomeada interinamente ao comando da Agereg em 01.01.2013, e após, definitivamente em 01.07.2013, mas não concluiu o mandato de 2 anos por força da cassação de Bernal, em março de 2014. Com o retorno do progressista, foi novamente nomeada para o segundo mandato em 09.09.2015.

Foto: Mariana Anjos/Midiamax

Jornal Midiamax