Política

Presidente do Senado pede repasse do governo para fundo eleitoral de R$ 3,5 bilhões

Proposta de criação de Fundo faz parte do projeto da reforma política

Joaquim Padilha Publicado em 07/08/2017, às 12h32

None

Proposta de criação de Fundo faz parte do projeto da reforma política

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), propês neste domingo (6), em uma reunião no Palácio do Planalto, que o governo remaneje recursos já existentes no Orçamento da União para bancar o FDD (Fundo Especial de Financiamento da Democracia).

Atualmente, o Fundo não foi criado, mas está em discussão no projeto de reforma política que tramita no Congresso. A expectativa é que o custo do FDD, que irá financiar as eleições com verbas públicas, seja de R$ 3,5 bilhões.

Atualmente, o Fundo Partidário, que cumpre função semelhante ao FDD, está orçado em R$ 819 milhões. O valor é quase três vezes e meio menor do que o previsto para o novo fundo eleitoral. 

O deputado Vicente Cândido (PT), relator do projeto em duas comissões na Câmara dos Deputados, explica que os congressistas querem a aprovação da criação do Fundo ainda este mês, para que seja válido nas eleições de 2018.Presidente do Senado pede repasse do governo para fundo eleitoral de R$ 3,5 bilhões

Nesta terça-feira (8), Eunício se reunirá com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (PMDB), para discutir a proposta, que será votada em comissão especial que analisa a reforma política na Câmara, nesta quarta-feira (9). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. 

Jornal Midiamax