Política

Prefeitura analisa retomada de áreas avaliadas em R$ 40 milhões

Comissão foi criada para cumprir ordem judicial

Ludyney Moura Publicado em 14/09/2017, às 14h49

None

Comissão foi criada para cumprir ordem judicial

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) revelou, durante agenda pública na manhã desta quinta-feira (14), que já existe uma comissão especial que vai analisar a retomada de diversas áreas públicas cedidas pela Prefeitura.

A comissão, criada para cumprir uma decisão judicial, foi formada em março e é presidida, segundo o prefeito, por uma procuradora do município que está analisando a doação e cedência de áreas da Prefeitura.Prefeitura analisa retomada de áreas avaliadas em R$ 40 milhões

“As áreas hoje ocupadas (de doação) valem de R$ 30 milhões a R$ 40 a milhões”, revelou o prefeito.

O assunto veio à tona depois que o município encaminhou à Câmara um projeto revogando uma doação de um terreno para o Setlog (Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de MS) e para Arquidiocese de Campo Grande. 

“Não é uma questão de religião, estamos apenas cumprindo o que está na lei”, explicou.

Após a conclusão do trabalho da comissão especial, a Prefeitura poderá licitar a venda de algumas áreas, outras serão deixadas para os próximos gestores construírem prédios públicos, o que não pode ser feito atualmente pois a situação financeira do município não permite. 

Jornal Midiamax