Política

Polícia Federal realiza buscas em gabinetes de dois deputados na Câmara

Ação é 6ª fase da Operação Ápia, autorizada pelo Supremo Tribunal Federal

Richelieu Pereira Publicado em 13/12/2017, às 10h26

None

Ação é 6ª fase da Operação Ápia, autorizada pelo Supremo Tribunal Federal

A Polícia Federal realiza uma operação, nesta quarta-feira (13), na Câmara dos Deputados, em Brasília. Dois deputados federais são os alvos dessa ação que teve início com uma investigação no Tocantins. A operação foi solicitada pela PGR (Procuradoria Geral da República) e autorizada pelo STF (Supremo Tribunal Federal). 

Os alvos seriam da deputada federal Dulce Miranda (PMDB-TO), esposa do governador do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), e do deputado federal Carlos Henrique Amorim (Pode-TO), conhecido como Gaguim.

A ação é a 6ª fase da Operação “Ápia”, iniciada em outubro de 2016, para desarticular uma organização criminosa que atuou no Estado de Tocantins corrompendo servidores públicos, agentes políticos, fraudando licitações públicas e execução de contratos administrativos celebrados para a terraplanagem e pavimentação asfáltica em várias rodovias estaduais em valores que superaram a cifra de R$ 850 milhões.

No total, o STF autorizou 16 mandados de busca e apreensão e oito de intimação contra investigados. As ações são realizas na Câmara e também em Palmas e Araguaína (TO).

Jornal Midiamax