Política

Para tentar aprovar reforma, ministro Marun se reúne com líder do PR na Câmara

Deputado baiano já se posicionou contrário à matéria

Ludyney Moura Publicado em 19/12/2017, às 12h25

None

Deputado baiano já se posicionou contrário à matéria

Antes de seguir para a convenção nacional do PMDB, o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, manteve agendas para tentar aprovar a reforma da previdência.

O primeiro compromisso oficial de Marun foi um café da manhã com o deputado federal José Rocha (PR-BA), líder dos republicanos da Câmara.

Rocha já se posicionou contra a reforma e defendeu publicamente o adiamento da votação, mesmo quando o governo de Michel Temer articulava aprovação ainda para 2017.

Com a definição de análise da pauta no plenário da Câmara para fevereiro de 2018, Marun tenta garantir os 39 votos que o PR detém, a quinta maior da Casa.

No final de novembro, o deputado baiano deu declarações ao Estadão de que reforma ministerial não havia atendido interesses da base aliada de Temer. E, segundo noticiado pelo blog do jornalista Gerson Camarotti, Rocha e o relator da proposta, deputado Arthur Maia (PPS-BA), disputam votos em algumas regiões da Bahia.

Definições

Por meio de sua assessoria, o líder do PR rebateu a afirmação de que disputa voto com Arthur Maia, negou que tenha cobrado mais espaço no governo Temer, e alegou que, apesar da divulgação oficial apenas de seu nome, outros líderes partidários se reuniram com Marun na manhã desta terça-feira. O parlamentar baiano também negou que durante o café da manhã tenha tratado de reforma da previdência com o ministro. 

(Matéria alterada às 12h50 para correção e acréscimo de informação).

Jornal Midiamax