Política

Marun está certo de que 2ª denúncia contra Temer será arquivada

Também pediu que Mandetta reflita sobre votação

Jessica Benitez Publicado em 02/10/2017, às 16h21

None

Também pediu que Mandetta reflita sobre votação

Em Campo Grande para reunião do PMDB, o deputado federal Carlos Marun disse ter certeza de que a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB) não irá progredir, assim como ocorreu com a primeira. O peemedebista foi denunciado ao STF (Supremo Tribunal Federal) pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pelos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça.Marun está certo de que 2ª denúncia contra Temer será arquivada

“É uma denúncia frágil, com denunciante fragilizado como é o Janot, eu não consigo ver motivo para que alguém se posicione favoravelmente. Até mesmo porque se você é favorável, tem que fazer uma avaliação da sua própria vida, ver se um dia já não sofreu esse tipo de ataque indevido”, disse.

Marun ainda não conversou com a bancada federal de Mato Grosso do Sul, mas acredita que os posicionamentos vão continuar sendo os mesmos e revelou que somente o voto do deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM) o surpreendeu da última vez. “Espero que ele reflita melhor”. O democrata foi favorável à primeira denúncia contra Temer que foi a votação na Câmara Federal no início de agosto.

Sobre os votos de Elizeu Dionízio (PSDB), Tereza Cristina (PSB) e Geraldo Resende (PSDB), o deputado peemedebista disse já estar contando com eles, embora não tenha conversado com nenhum dos três sobre a nova denúncia. “Já pensou se fossemos afastados do cargo toda vez que o MP faz denúncia contra nós?”, questionou.

Jornal Midiamax