Política

Governo ainda precisa de 50 votos para aprovar reforma, diz Marun

'Não sairá da pauta até ser votada'

Diego Alves Publicado em 11/12/2017, às 22h16

None

‘Não sairá da pauta até ser votada’

O deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS), que deverá assumir o cargo de ministro da Secretaria de Governo, disse nesta semana que o governo ainda precisa de 40 a 50 voos para aprovar a reforma da Previdência. Conforme noticiado pelo site Yahoo, Marun afirmou que a reforma será pautada na Câmara nesta semana e não sairá da pauta até ser votada.Governo ainda precisa de 50 votos para aprovar reforma, diz Marun

“Na quinta-feira nós colocamos em discussão a reforma da Previdência e ela não sai mais da pauta, fica na pauta até ser votada. Vamos tentar votar agora, vamos conseguir, eu tenho confiança nisso, mas digamos que venha essa derrota, ela fica na pauta. Nós chegamos aqui em fevereiro e esse vai ser assunto. Não adianta achar que isso vai passar e ninguém mais fala disso, e nós vamos fazer de conta que vivemos na Suíça. Nós vivemos no Brasil e esse é um assunto hegemônico, vai permanecer na pauta até que seja votado”, declarou.

A votação foi marcada por Rodrigo Maia, o presidente da Câmara. A ideia é votar a proposta na semana que vem, o que significa que governo terá que correr para conseguir os votos necessários para a aprovação. “Eu calculo aí em torno de 40 a 50 votos que nós devemos buscar para chegarmos ao plenário com segurança. O que nós precisamos neste momento é de uma onda positiva”, disse Marun.

Em entrevista nesta semana, Maia chegou a dizer que há chances de o governo perder a votação, mas que não há chances de desistir da ideia. “Sem dúvida alguma se não conseguirmos, vou sentir a verdade: que nós perdemos uma batalha, mas não teremos perdido a guerra”, declarou.

Jornal Midiamax