Política

Governador nomeia adjunta da Controladoria-Geral de MS e ouvidora-Geral

Nomeações foram publicadas no Diário Oficial do Estado

Joaquim Padilha Publicado em 05/04/2017, às 10h44

None
sefaz_ms.jpg

Nomeações foram publicadas no Diário Oficial do Estado

O governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), nomeou nesta quarta-feira (5) servidores comissionados que irão atuar em cargos de chefia na CGE (Controladoria-Geral do Estado). Entre elas, a nova controladora-Geral-Adjunta do Estado, Marina Hiraoka Gaidarji.

Marina atuava na AGE (Auditoria-Geral do Estado), orgão de fiscalização e transparência antigamente ligado à Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda), e chefiava a Coordenadoria de Auditoria Interna, já tendo respondido pela AGE na ausência da titular, Tatiana da Silva Cunha.

Como a Auditoria-Geral do Estado deixou de ser um órgão ligado à Sefaz e passou para a CGE, também foi publicada a designação de Tatiana para continuar atuando como auditora-Geral do Estado, porém dentro da Controladoria.

Ainda dentro da CGE, a servidora Renata Lara Diniz Brandão, também da AGE, foi designada como ouvidora-Geral do Estado. A servidora foi exonerada de sua antiga função de gestora operacional na Sefaz.

A Controladoria-Geral do Estado foi criada por uma lei sancionada pelo governador Reinaldo Azambuja ao final do ano anterior. Quem responde como chefe do órgão como controlador-Geral do Estado é Carlos Eduardo Girão de Arruda, servidor de carreira do Ministério Público.

Outras duas servidoras comissionadas foram nomeadas para atuar no órgão: Ângela Pereira Spacassassi Rodrigues, em cargo de direção gerencial e assessoramento, e Ana Luíza Gonçalves, em cargo de gerência-executiva e assessoramento. Ana foi exonerada da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda), junto de Leandro Silveira dos Santos.

Ainda foi publicada a nomeação do professor Paulo Ricardo Martins Nunez para cargo em comissão de direção gerencial e assessoramento na Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul).

(com supervisão de Evelin Cáceres)

Jornal Midiamax