Política

Feriadão pára Câmara e adia votações de projetos sobre reajuste de servidores

Feriados caem exatamente nos dias de sessão

Jessica Benitez Publicado em 11/06/2017, às 12h01

None

Feriados caem exatamente nos dias de sessão

Os feriados de Santo Antônio e Corpus Christi, dias 13 e 15 respectivamente, vão parar as sessões da Câmara Municipal por uma semana e, consequentemente, adiar as votações dos projetos do Executivo que mudam os salários de algumas categorias. O parlamento da Casa de Leis funciona às terças e quintas, justamente os dias em que não haverá expediente.

No último dia 8, profissionais da educação, enfermagem, guardas municipais e da referência 14 estiveram no Legislativo para pedir celeridade na votação dos textos, que foram protocolados no dia 6 deste mês pelo Executivo. Contudo, não foram colocados em votação de regime de urgência, como pediam os servidores, porque, segundo os legisladores, faltavam alguns documentos da Prefeitura para colocar as matérias em pauta.Feriadão pára Câmara e adia votações de projetos sobre reajuste de servidores

Na mesma data, durante agenda pública pela manhã, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), já havia antecipado que as negociações de reajuste salarial foram feitas individualmente com cada categoria. Ele explicou a situação financeira do Município e, conforme disse, todos entenderam que não há condições de conceder valores mais altos no momento.

Somente os médicos ainda analisam a contraproposta feita pelo Executivo. O vereador enfermeiro Fritz (PSD) disse aos servidores que na terça-feira (20) os projetos vão começar a ser votados. “Essa será nossa prioridade”, disse quando os funcionários da categoria iam embora da Câmara.

Jornal Midiamax