Política

Contra abusos, câmeras podem ser instaladas em creches e asilos

Sistema de monitoramento pretende inibir despreparo

Midiamax Publicado em 28/06/2017, às 10h53

None

Sistema de monitoramento pretende inibir despreparo

Deputados estaduais votam, nesta quarta-feira (28), projeto de lei que prevê instalação de câmeras de monitoramento em asilos, creches e pré-escolas de Mato Grosso Sul. Quando aprovado ele segue para sanção do governador.

Amarildo Cruz (PT), autor da medida, ressaltou objetivo de “inibir qualquer atitude danosa que possa ser perpetrada por profissionais despreparados”.

Instituições públicas estão excluídas do projeto de instalação de câmeras em pontos estratégicos de grande circulação, com exceção dos banheiros. Foi estabelecido prazo de 180 dias para adequações, sob pena de multa de até R$ 49,3 mil (2 mil Uferms).

Outros projetos

Rinaldo Modesto (PSDB) tem pautado projeto que amplia serviços ofertados em farmácias, tais como: aplicação de vacinas, testes de saúde e revisão da farmacoterapia, dentre outros.

Paulo Siufi (PMDB) busca inserir no calendário de eventos estadual o Festival de Música Eclética de Itaquiraí, enquanto Beto Pereira (PSDB) requer que a Associação de Amigos do Bairro Dom Antônio Barbosa – Projeto Asas do Futuro seja declarada de utilidade pública.

Jornal Midiamax