Política

Com ofensa e acusação, delação contra Lula gera discussão na Câmara

Petista reclamou de matérias contra ‘líder maior’

Ludyney Moura Publicado em 20/04/2017, às 13h53

None
_mg_9201.jpg

Petista reclamou de matérias contra ‘líder maior’

O vereador Ayrton Araújo (PT) usou a tribuna da Câmara da Capital, na sessão desta quinta-feira (20), para defender o ex-presidente Lula (PT) e acusar a mídia nacional de querer denegrir a imagem política do petista.

Ayrton, único representante petista na Câmara de Vereadores de Campo Grande, se referia às matérias veiculadas pela imprensa nacional que envolvem o ex-presidente nos esquemas de corrupção delatados por ex-executivos da Construtora Odebrecht.

 “A Odebrecht faz papel de dedo duro, os empresários roubam há anos e a (rede) Globo está querendo derrubar nosso líder maior, minha fala é em protesto”, disparou o petista.

O vereador Otávio Trad (PTB) rebateu o colega e disse que a emissora carioca merecia parabéns por informar a população, e que de posse das notícias cada cidadão tira suas próprias conclusões.

Já André Salineiro (PSDB) foi mais enfático nas críticas e chamou o ex-presidente de ‘ladrão’. “Estamos aguardando o momento que esse cabra será colocado atrás das grades”, (sic) disse o tucano.

Araújo não rebateu as críticas dos colegas ao ‘líder maior’ de seu partido. 

Jornal Midiamax