Política

Após vitória na Justiça, CPI do Táxi retoma trabalhos ouvindo cinco

Será a primeira reunião depois do recesso parlamentar

Midiamax Publicado em 03/08/2017, às 19h45

None

Será a primeira reunião depois do recesso parlamentar

O retorno da CPI do Táxi após o recesso parlamentar será realizado nesta sexta-feira (4) com a oitiva de cinco testemunhas. Será a primeira reunião após a decisão do juiz substituto Alexandre Antunes da Silva, da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos de Campo Grande, que indeferiu o pedido de liminar em mandado de segurança coletivo impetrado pelo Sindicato dos Taxistas do Estado de MS (Sintáxi) para barrar a CPI do Táxi.

As oitivas estão previstas para começar às 8h no plenário Edroim Reverdito. As testemunhas que serão ouvidas são: Maria de Lourdes Dantas Ferreira, Orocídio de Araújo, Maria Helena Juliace Ponce, Benevides Juliace Ponce e Gleicekerman Bogarim Godoy Ponce. 

Segundo a assessoria de imprensa do presidente da CPI, vereador Vinicius Siqueira, na segunda fase da apuração serão ouvidos representantes do poder público, em especial da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), e mototaxistas, cujos alvarás também são foco de investigações. 

Jornal Midiamax